Getty Images
Getty Images

JP Morgan terá de pagar US$ 42,5 mi a bilionário por investimento ‘ruim’

Leonard Blavatnik, que aparece em 44º lugar na lista de bilionários da 'Forbes', afirma que o banco foi negligente e não fez uma boa gestão do seu fundo

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

27 de agosto de 2013 | 20h25

O banco JP Morgan terá de pagar US$ 42,5 milhões ao bilionário Leonard Blavatnik por investimentos ruins em ativos atrelados a hipotecas.

Blavatnik, que aparece em 44º lugar na lista de bilionários da revista Forbes, tentava recuperar mais de US$ 100 milhões devido a "alegada má gestão" do JP Morgan de seu fundo durante o estágio inicial da crise imobiliária de 2007.

Em uma decisão tornada pública nesta segunda-feira, 26, após um julgamento de três semanas, o juiz do Supremo Tribunal do Estado de Nova York, Melvin Schweitzer, decidiu que o JP Morgan violou seu contrato com o fundo CMMF, de Blavatnik, porque excedeu o limite de 20% para ativos atrelados a hipotecas no fundo.

Blavatnik

argumentou também que o JP Morgan foi negligente em sua administração do fundo. O juiz afirmou, no entanto, que o banco agiu "razoavelmente diante da informação que estava disponível para ele no momento".

Fonte: Dow Jones Newswires

Tudo o que sabemos sobre:
JPMorgan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.