JPMorgan pagará US$ 153,6 mi para encerrar processo de fraude

Segundo informações do governo dos EUA, companhia estava sendo acusada de enganar investidores

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

21 de junho de 2011 | 15h20

Uma unidade do JPMorgan Chase fechou um acordo para pagar US$ 153,6 milhões e encerrar um processo no qual é acusada de enganar investidores, segundo informações do governo dos EUA.

A Securities and Exchange Commission (SEC) estava acusando o JPMorgan Securities de estruturar obrigações de dívida colateralizada (CDOs, em inglês) sintéticas sem informar aos que investiam nestes papéis que o fundo de hedge Magnetar ajudou a escolher os ativos que fariam parte do portfólio e, ao mesmo tempo, possuía posições vendidas em mais da metade deles. Dessa forma, se houvesse default nos ativos que compunham as CDOs, o Magnetar seria beneficiado.

Segundo a SEC, o JPMorgan não admitiu nem negou a acusação, mas terá de devolver aos investidores todo o dinheiro aplicado nas CDOs como parte do acordo. Por volta das 15h10 (de Brasília), as ações do JPMorgan subiam 0,84%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
jpmorganfraudeenganarinvestidores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.