JSL anuncia contrato de R$ 350 milhões com MAN no RJ

A JSL anunciou na manhã desta terça-feira que fechou um contrato estimado em R$ 350 milhões com a fabricante de caminhões e ônibus MAN. O prazo do contrato é de 60 meses. A JSL assumirá a operação de 100% da logística interna da fábrica da MAN em Resende, no Rio de Janeiro. "Este é o maior contrato individual que fechamos este ano", disse à Agência Estado o presidente da JSL, Fernando Simões.

SILVANA MAUTONE, Agencia Estado

24 de julho de 2012 | 09h30

"Esse contrato mostra a nossa vocação não só para o crescimento orgânico, mas para o cross-selling", diz. O cross-selling é a prática de vender novos produtos para clientes já existentes. Desde 2010 a JSL mantinha um contrato menor com a fábrica da MAN.

A JSL assumirá os 850 funcionários que hoje realizam as operações de logística na fábrica de Resende (eles atualmente são contratados por uma outra empresa terceirizada). O investimento será de R$ 15 milhões em equipamentos, principalmente empilhadeiras e paleteiras. "Essa operação é mais focada em gestão de inteligência, por isso não requer muitos investimentos em veículos", disse o executivo.

Nos cinco primeiros meses deste ano, a JSL anunciou o fechamento de novos contratos que somam R$ 913 milhões. Segundo Simões, apesar da desaceleração da economia, a empresa mantém estimativa de crescimento de até 30% na receita bruta deste ano considerando apenas novos contratados. "Como o nosso portfólio de serviços também oferece oportunidades para as empresas que procuram redução de custos, há a possibilidade de conquistar novos clientes mesmo em momentos de dificuldade na economia", diz o executivo.

Tudo o que sabemos sobre:
negociaçãoJSLMAN

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.