Justiça manda desocupar fazendas no Pontal

Sorocaba, 27 A justiça de Presidente Venceslau, no Pontal do Paranapanema, determinou hoje a desocupação imediata da fazenda São José, em Piquerobi, invadida domingo por 45 integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST). A ordem foi cumprida hoje. Os sem-terra também acataram a liminar de reintegração de posse dada em favor do proprietário da fazenda Santa Lourdes, em Flora Rica.Os 120 invasores desmontaram os barracos, saíram da propriedade e retornaram para acampamentos de Presidente Epitácio e Presidente Bernardes. Até hoje, 5 das 15 fazendas invadidas durante o "inverno quente" do líder José Rainha Júnior tinham sido desocupadas. Rainha, que hoje esteve em Brasília, disse que devem ocorrer novas ações até o final da semana."Além do MST, companheiros de outros grupos continuam mobilizados em protesto contra o projeto do governador Serra de legitimar as terras devolutas do Pontal", disse. Entre amanhã e sexta-feira, estão previstas ocupações de fazendas na região de Araçatuba, numa parceria entre o MST e sindicatos de trabalhadores rurais.

José Maria Tomazela

15 de julho de 2007 | 12h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.