Koizumi anuncia abertura do mercado japonês para manga brasileira

Brasília, 16 - O primeiro-ministro japonês, Junichiro Koizumi, anunciou hoje ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que o Japão abrirá seu mercado para a manga brasileira, após 27 anos de negociações. "Essa abertura é muito emblemática, simbólica para nós. A medida sinaliza uma nova fase das relações comerciais agrícolas entre Brasil e Japão", disse o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, por intermédio de sua assessoria de imprensa. "Há 20 anos, quando ainda era dirigente cooperativista, já lutava por essa abertura do mercado japonês para a nossa fruta", lembra Rodrigues. Na sua avaliação, a medida beneficiará a fruticultura do Vale do São Francisco. No Japão, cada manga é vendida por cerca de US$ 18.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.