Latam Airlines diz ter fechado acordo com Venezuela sobre repatriação de fundos

A Latam Airlines, maior empresa aérea da América Latina, disse ter fechado um acordo com a Venezuela sobre a repatriação de recursos devidos para a companhia.

REUTERS

20 de julho de 2014 | 14h35

A dívida total para o ano fiscal de 2013 de cerca de 148 milhões de dólares seria reembolsada segundo um plano de pagamento proposto pelo governo venezuelano e aceito pela Latam, disse a empresa neste domingo.

Diversas empresas aéreas reduziram o número de voos para a Venezuela devido a disputas sobre a receita de vendas de bilhetes.

A Venezuela exige que as empresas aéreas vendam os bilhetes usando a moeda local bolívar. Mas as companhias dizem que não estão recebendo aprovação para converter esses ganhos em dólares e estimaram que 4 bilhões de dólares em receita está preso no país, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata).

A Latam Airlines, com sede em Santiago, foi formada em 2012 com a fusão da chilena LAN com a brasileira TAM.

(Por Rosalba O'Brien)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASLATAMVENEZUELA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.