Leil?o de obras de arte da Varig arrecada R$ 1,6 mi

De 292 itens, 70% foram arrematados para saldar d?vida, que chega a R$ 150 mi

Agencia Estado

18 de junho de 2007 | 09h38

Os trabalhadores da Varig v?o contar com cerca de R$ 1,6 milh?o para abater cr?ditos a receber da companhia. Esse foi o valor arrecadado no leil?o de obras de arte da Varig antiga, segundo c?lculo preliminar do leiloeiro Walter Rezende, que realizou o evento na ?ltima quinta-feira. Dos 292 itens oferecidos, 70% foram arrematados. As d?vidas da Varig com os trabalhadores chegam a R$ 150 milh?es."Achei excelente o resultado do leil?o", diz Rezende, que vai receber 5% do valor de cada obra vendida. "Apenas o Di Cavalcanti n?o teve a sobreoferta que eu esperava, mas foi vendido pelo pre?o de mercado." O leiloeiro refere-se ao quadro Baianas, o mais valioso do leil?o, arrematado pelo lance m?nimo de R$ 1,1 milh?o por um misterioso procurador que n?o largava o telefone celular e saiu do evento fugindo da imprensa.Os advogados da Varig antiga, que permanece em recupera??o judicial, preparam uma peti??o para reivindicar que o dinheiro arrecadado no leil?o seja repassado diretamente aos trabalhadores. O objetivo ? agilizar o pagamento, j? que, pela Lei de Recupera??o Judicial, a receita deveria ser repassada para uma Sociedade de Prop?sito Espec?fico (SPE).

Mais conteúdo sobre:
Varigleil?o

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.