Líbia e França assinam acordos por aviões da Airbus

A Líbia e a França assinaram contratospara a compra de 21 aeronaves da Airbus nesta segunda-feira,durante visita do presidente líbio Muammar Kadafi a Paris. A Afriqiyah Airlines assinou um contrato por seis aviõesA350, e a Libyan Airlines fechou acordos por quatro A330, seteA320 e quatro A350, de acordo com uma autoridade do gabinete dopresidente francês, Nicolas Sarkozy. A Airbus, unidade da EADS, confirmou que os pedidos foram afinalização de um memorando de entendimento assinado na feiraParis Air Show em junho. À época, só o acordo com a LibyanAirlines era estimado em 2 bilhões de dólares pela lista depreços. A Líbia e a França também prepararam um acordo decooperação para o uso civil de energia nuclear e oabastecimento de "um ou vários" reatores nucleares paradessalinizar água marítima. Vários contratos também foram assinados junto a companhiasda França como Vinci e Veolia Water, relatou uma fonte dogabinete de Sarkozy, sem dar mais detalhes. Mais cedo, Sarkozy havia afirmado que assinaria contratosde cerca de 10 bilhões de euros com o líder líbio. (Por Marie Maitre e Kerstin Gehmlich)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.