Lobão desconhece intenção da PDVSA de construir refinaria sozinha

Segundo ministro, será muito difícil para o governo venezuelano realizar um empreendimento desse porte no País sozinho

Karla Mendes, da Agência Estado,

28 de outubro de 2011 | 17h06

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse à Agência Estado que desconhece a intenção da petroleira venezuelana PDVSA de construir sozinha uma refinaria no Maranhão, sem a Petrobrás. "Não tenho notícias sobre isso. Não falei com o Chávez (presidente da Venezuela, Hugo Chávez) sobre isso", afirmou Lobão.

 

O ministro ressaltou que será muito difícil o governo venezuelano tocar sozinho um empreendimento desse porte no País. "Eles não estão conseguindo sequer se associar com a Petrobrás para a construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Acho muito difícil fazerem uma nova refinaria sozinhos", reforçou.

 

Lobão fez questão de frisar que a Petrobrás nunca endureceu as negociações com a Venezuela. "Eles é que não cumpriram a parte deles. As negociações começaram há três anos e ficou acertado que a PDVSA entraria com 40% da Abreu e Lima. A Petrobras esperou, esperou, esperou e teve que começar sozinha", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
lobãopdvsarefinariapetrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.