Logo após desistir, JBS reinicia processo de abertura de capital

Companhia não apresentou datas detalhadas, mas indica que pretende fazer sua estreia no pregão ainda em 2014

REUTERS

21 de outubro de 2014 | 15h21

A JBS Foods, subsidiária de alimentos processados, aves e suínos da gigante JBS reabriu nesta terça-feira o processo de sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

Logo após ter recolhido o prospecto preliminar anterior, para uma oferta com a qual pretendia levantar cerca de R$ 4 bilhões, a companhia submeteu novo documento à análise da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Foi a terceira vez que a unidade da JBS, maior produtora de carnes do mundo, suspendeu a oferta de ações desde junho.

Itaú Unibanco, coordenador líder, Bank of America, Bradesco BBI, BTG Pactual, HSBC, Banco do Brasil, e Santander, contratados inicialmente, além do Credit Suisse, foram chamados para supervisionar a operação, que envolve apenas a emissão de ações novas (oferta primária).

A companhia não apresentou datas detalhadas do cronograma, mas o documento indica que a empresa pretende fazer sua estreia no pregão da BM&FBovespa ainda em 2014.

A retomada vem no mesmo dia em que a Ouro Fino Saúde Animal faz estreia na Bovespa, após ter precificado a oferta no topo da faixa sugerida, com a demanda pelo primeiro IPO brasileiro do ano ter sido mais forte do que o esperado. As ações da empresa estrearam em alta nesta terça-feira.

O novo prospecto da oferta da JBS Foods traz o balanço atualizado da companhia até setembro. No trimestre encerrado no mês passado, a receita líquida da companhia somou R$ 3,376 bilhões, alta de 9,5% ante o período de abril a junho.

Já o lucro evoluiu 56,6% na mesma comparação, para R$ 247,7 milhões, segundo o documento.

Tudo o que sabemos sobre:
jbsipo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.