Lucro ajustado da Galp cai 34% no 3º trimestre

Queda das margens de refino explica redução dos ganhos de € 93 milhões para € 61 milhões 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

28 de outubro de 2011 | 09h37

A companhia portuguesa Galp Energia, que tem operações no Brasil, afirmou hoje que seu lucro líquido ajustado no terceiro trimestre caiu 34%, para 61 milhões de euros, ante 93 milhões de euros no mesmo período do ano passado. A queda no lucro ocorreu devido à queda das margens de refino, segundo a companhia. Ainda assim, o resultado ficou um pouco acima do esperado por analistas, que tinham previsto um lucro líquido ajustado de 60,8 milhões de euros.

O lucro operacional ajustado aos custos de substituição caiu para 111 milhões de euros, de 136 milhões de euros. As margens de refino declinaram para US$ 0,9 por barril no terceiro trimestre, de US$ 2,1 por barril no mesmo período de 2010. Um lucro líquido não ajustado diminuiu para 94 milhões de euros, de US$ 96 milhões de euros.

O processamento de refino recuou para 20,75 milhões de barris, de 22,97 milhões de barris. A produção de petróleo subiu 27,9%, para 12.200 barris por dia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Galpbalançolucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.