Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Lucro da Antofagasta quase dobra no 1º semestre para US$ 451,2 mi

A companhia atribuiu o resultado ao aumento das vendas e dos preços de commodity

Ligia Sanchez, da Agência Estado,

24 de agosto de 2010 | 12h20

A mineradora Antofagasta, do Chile, anunciou que seu lucro líquido no primeiro semestre de 2010 quase dobrou para US$ 451,2 milhões, de US$ 235,7 milhões registrados no mesmo período do ano passado. A companhia atribuiu o resultado ao aumento das vendas e dos preços de commodity.

A produção maior na mina Los Pelambres foi o principal fator para o aumento de 15,9% na produção total de cobre para 252.900 toneladas no primeiro semestre. O robusto crescimento econômico em mercados emergentes como a China contribuiu para a recuperação da demanda e dos preços do cobre.

A receita do primeiro semestre teve alta de 49,1%, para US$ 1,76 bilhão, em comparação a US$ 1,18 bilhão no mesmo período do ano passado. O preço do cobre ficou em torno de US$ 0,3234 por libra-peso no primeiro semestre de 2010, em comparação a US$ 0,1835 um ano antes.

A Antofagasta reduziu a previsão de produção de cobre para 530 mil toneladas este ano, ante estimativa anterior de 543 mil toneladas, devido ao impacto do terremoto chileno que atingiu as operações de Los Pelambres e níveis mais baixos na mina de El Tesoro, em função de estudos de segurança que estão sendo realizados no local. A companhia ainda espera que a produção de cobre ultrapasse 700 mil toneladas no próximo ano. Em 2009, a produção do metal foi de 442.500 toneladas.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ChileAntofagastacommoditylucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.