Lucro da Apple no 3º trimestre fiscal soma US$ 7,3 bi

A Apple divulgou que seu lucro do terceiro trimestre fiscal mais que dobrou na comparação com igual período do ano passado, impulsionado por um aumento nas vendas de iPhones e iPads. As ações da companhia, que fecharam em alta de 0,8%, a US$ 376,85, tiveram a negociação interrompida no after hours durante a publicação dos resultados.

GUSTAVO NICOLETTA, Agencia Estado

19 de julho de 2011 | 18h35

No trimestre encerrado em 25 de junho, a Apple obteve um lucro de US$ 7,31 bilhões, ou US$ 7,79 por ação, ante US$ 3,25 bilhões, ou US$ 3,51 por ação, um ano antes. A receita aumentou 82%, para US$ 28,57 bilhões, e cerca de 38% desse total foi originado nos EUA. A margem bruta cresceu para 41,7%, de 39,1%.

Em abril, a companhia havia projetado um lucro de US$ 5,03 por ação e uma receita de US$ 23 bilhões para o terceiro trimestre fiscal. Analistas de Wall Street previam um lucro por ação de US$ 5,85 e uma receita de US$ 25 bilhões para o período.

A Apple informou também que vendeu 9,3 milhões de iPads no terceiro trimestre fiscal, quase o triplo do total comercializado em igual trimestre do ano passado. A venda de iPhones superou 20 milhões de unidades durante o período - mais que o dobro do volume registrado um ano antes.

Para o quarto trimestre fiscal, a companhia prevê um lucro de aproximadamente US$ 5,50 por ação e cerca de US$ 25 bilhões em receita. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
tecnologiaApplelucroiPadiPhone

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.