Lucro da BP sobe 12%, a US$ 5,60 bi, no 2º trimestre

O lucro ajustado da petroleira britânica BP subiu 12% no segundo trimestre deste ano, para US$ 5,60 bilhões, em comparação com os US$ 4,98 bilhões do mesmo período do ano passado. Apesar do aumento, o resultado ficou abaixo da estimativa dos economistas ouvidos pela Dow Jones, que era de US$ 6,04 bilhões. Às 9h15 (de Brasília), as ações da companhia caíam 2,24% em Londres.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

26 de julho de 2011 | 09h29

Segundo a BP, o resultado abaixo do esperado foi consequência de perdas na produção em áreas de alta margem, como Angola e Mar do Norte. A produção de petróleo e gás no segundo trimestre somou 3,43 milhões de barris por dia, uma queda de quase 11% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os analistas também apontaram para dúvidas sobre a lenta retomada das atividades da BP no Golfo do México, sobre a estratégia de crescimento da companhia após a retirada de uma grande proposta de acordo na Rússia e sobre a efetividade das esperadas melhorias na segurança em seguida a um incêndio no Mar do Norte. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleolucroBP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.