Lucro da Bunge dispara puxado por fertilizantes e agronegócio

A produtora norte-americana defertilizantes e processadora de sementes Bunge anunciou nestaquinta-feira que seu lucro no segundo trimestre mais quequadruplicou, impulsionado por fortes resultados com operaçõesde fertilizantes e agronegócio. A companhia ainda elevou suaprevisão de lucro para o ano. A empresa teve lucro de 751 milhões de dólares no segundotrimestre do ano, ou 5,45 dólares por ação, ante 168 milhões dedólares, ou 1,30 dólar por ação, um ano antes. O desempenho do segundo trimestre incluiu crédito fiscal de128 milhões de dólares relacionado a uma decisão favorável àempresa no Brasil. Excluindo itens excepcionais, a Bunge teve lucro de 4,73dólares por ação. Analistas, em média, esperavam lucro de 2,40dólares por ação. A receita subiu para 14,4 bilhões de dólares ante previsãode Wall Street de vendas de 13,20 bilhões de dólares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.