Lucro da Coca-Cola sobe 7,9% no 1º trimestre

A Coca-Cola divulgou hoje que teve lucro de US$ 2,05 bilhões (US$ 0,89 por ação) no primeiro trimestre deste ano, uma alta de 7,9% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando o lucro havia sido de US$ 1,9 bilhão (US$ 0,82 por ação). A receita avançou 5,9% no período, para US$ 11,14 bilhões.

ÁLVARO CAMPOS, Agencia Estado

17 de abril de 2012 | 10h47

Analistas ouvidos pela Thomson Reuters previam lucro de US$ 0,87 por ação e receita de US$ 10,82 bilhões. Por volta das 10h35 (de Brasília), as ações da companhia subiam 2,39% na Bolsa de Nova York.

Segundo a Coca, o resultado no primeiro trimestre foi impulsionado por um aumento no volume de vendas em todas as regiões onde opera - que foi potencializado pela elevação nos preços dos produtos. Mesmo assim, uma alta de 10% nos custos de produção continuou a prejudicar as margens da companhia. Na América do Norte, o volume de vendas da Coca-Cola subiu 2%. Vários analistas esperavam que as vendas da companhia ficassem estáveis na região.

A margem bruta da companhia caiu para 61% no primeiro trimestre, de 62,5% no mesmo intervalo de 2011. Segunda a Coca-Cola, o lucro operacional cresceu 8% no período, mas foi prejudicado por flutuações cambiais, que tiraram 2 pontos porcentuais desta expansão. E a companhia acredita que essas variações continuarão a prejudicar o lucro operacional ao longo de 2012. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
lucroCoca-Cola

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.