Lucro da CSN sobe 49% no terceiro trimestre

Siderúrgica registrou lucro líquido de R$ 1,097 bilhão no período

Agência Estado

27 de outubro de 2011 | 20h19

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) registrou lucro líquido de R$ 1,097 bilhão no terceiro trimestre do ano, alta de 49% ante os R$ 738 milhões registrados no mesmo período de 2010. A receita líquida da companhia cresceu 7% no último trimestre, para R$ 4,241 bilhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) ajustado atingiu R$ 1,703 milhões no terceiro trimestre desse ano, queda de 8% ante os R$ 1,847 milhões apurados no mesmo período do ano passado. A margem Ebitda registrou recuo de 7 pontos porcentuais, para 40%.

O caixa da empresa ficou ainda mais robusto ao fim do terceiro trimestre do ano. A siderúrgica informou em seu balanço que o caixa aumentou 36% em relação ao mesmo trimestre do ano passado, para R$ 15,635 bilhões. Na comparação com o intervalo de abril a junho deste ano quando o caixa era de R$ 11,685 bilhões o crescimento foi de 34%.

Ainda no balanço, a CSN lembrou que no mês de agosto ela contratou com a Caixa Econômica Federal uma operação de Crédito Especial Empresa - Grandes Corporações, por meio da emissão de Cédula de Crédito Bancário no valor de R$ 2,2 bilhões, com prazo final de amortização de 108 meses. No mesmo mês, a CSN emitiu debêntures não conversíveis em ações, no montante de R$ 1,15 bilhão, com vencimento em oito anos.

Tudo o que sabemos sobre:
CSNbalançolucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.