Lucro da DuPont sobe acima do esperado, puxado por agricultura

A fabricante de produtos químicosDuPont anunciou nesta terça-feira lucro maior que o esperado notrimestre, impulsionado por forte demanda por sementes de milhoe soja que compensou fraqueza nos mercados domésticos deprodutos para o lar e automóveis. A DuPont, uma das maiores companhias de químicos dosEstados Unidos, tem se beneficiado do boom mundial daagricultura que impulsiona as vendas de suas sementesgeneticamente modificadas e de outros produtos. Entretanto, a companhia tem sofrido com a crise do mercadoimobiliário norte-americano, uma vez que parte de seus produtosé utilizado no setor de construção de moradias. Os mercados automotivos também têm afetado a DuPont, umavez que a empresa é uma das maiores fornecedoras de tintas parao setor. O lucro do segundo trimestre subiu para 1,08 bilhão dedólares, ou 1,18 dólar por ação, ante 972 milhões de dólares umano antes. A receita no trimestre subiu 12,2 por cento, para 8,84bilhões de dólares, puxada por forte crescimento de vendas naárea de agricultura e expansão de 18 por cento nas vendas forados Estados Unidos. Analistas, em média, previam lucro de 1,07 dólar por açãosobre receita de 8,43 bilhões de dólares, segundo a ReutersEstimates. A empresa ainda melhorou sua previsão de desempenho anual,de lucro de 3,40 a 3,55 dólares por ação para ganho de 3,45 a3,55 dólares por ação. Wall Street espera lucro de 3,50 dólarespor ação. A companhia espera que o lucro do segundo semestre sejalevemente menor que o de um ano antes por causa da alta noscustos de energia e matérias-primas, demanda mais fraca e taxade juro maior.

EUAN ROCHA, REUTERS

22 de julho de 2008 | 08h56

Mais conteúdo sobre:
EMPRESASDUPONTRESULTS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.