Lucro da fancesa Lafarge cai 15% no 2º tri

 A empresa afirma que a demanda de cimento em 2010 será menor do que havia previsto anteriormente

Ligia Sanchez, da Agência Estado,

30 de julho de 2010 | 10h47

A companhia francesa de materiais de construção Lafarge, uma das maiores produtoras mundiais de cimento, teve um declínio de 15% no lucro líquido do segundo trimestre em comparação ao mesmo período do ano anterior. A empresa afirma que a demanda de cimento em 2010 será menor do que havia previsto anteriormente, já que seus mercados na Europa ainda não estão se recuperando da crise econômica.

A Lafarge prevê a demanda de cimento para 2010 oscilando entre queda de 1% e aumento de 3% ante o ano passado. Anteriormente, a empresa estimava que os volumes de cimento em seus mercados em 2010 teriam demanda entre estável a alta de 5% em comparação a 2009. Ante a nova perspectiva, a Lafarge limitará seus investimentos a € 1 bilhão no próximo ano, para tentar reduzir mais sua dívida.

O lucro líquido da Lafarge no segundo trimestre caiu para € 329 milhões, ante € 387 milhões no mesmo período do ano passado, devido ao pagamento de mais Imposto de Renda e aumento dos custos de reestruturação. As vendas subiram 1,7%, para € 4,44 bilhões, ante € 4,36 bilhões no mesmo trimestre do ano passado.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Lafargecimentolucroresultado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.