Lucro da Femsa cresce 35% e receita sobe 4,3% no trimestre

Conglomerado mexicano teve a maior parte do crescimento da receita gerada pela rede de lojas de conveniência Oxxo

Danielle Chaves, da Agência Estado,

22 de outubro de 2010 | 14h41

O conglomerado mexicano de varejo e bebidas Femsa teve aumento de 35% no lucro líquido no terceiro trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, para 5,06 bilhões de pesos mexicanos (US$ 408,8 milhões). A receita da empresa em seus negócios de refrigerantes e lojas de conveniência aumentou 4,3%, para 42,78 bilhões de pesos.

Em abril deste ano, a Femsa vendeu seus negócios de cerveja para a Heineken em troca de uma fatia de 20% na cervejaria holandesa. Com ajustes pela venda, o lucro líquido comparável da Femsa cresceu 67% em relação ao terceiro trimestre de 2009.

A geração de caixa da empresa, medida pelo Ebitda, aumentou 3,3%, para 7,04 bilhões de pesos mexicanos.

A maior parte do crescimento da receita da Femsa foi gerada pelas vendas da rede de lojas de conveniência Oxxo, que subiram 15%, para 16,22 bilhões de pesos mexicanos. No terceiro trimestre foram abertas 180 novas lojas Oxxo, que agora totalizam 8.011.

A unidade de refrigerantes Coca-Cola Femsa informou ontem uma queda de 1,3% nas vendas no trimestre, para 25,68 bilhões de pesos mexicanos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FemsaOxxobebidasvarejocerveja

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.