Reuters
Reuters

Lucro da Fiat Chrysler salta para 478 milhões de euros no 1º trimestre

No mesmo período de 2015, montadora havia lucrado 27 milhões de euros; na América o lucro operacional ajustado mais do que dobrou

O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2016 | 10h24

MILÃO- A Fiat Chrysler anunciou um lucro líquido de 478 milhões de euros (US$ 539 milhões) no primeiro trimestre do ano, representando um salto em relação ao ganho de 27 milhões de euros obtido no mesmo período de 2015, graças ao bom desempenho de suas operações na América do Norte.

O número do primeiro trimestre do ano passado, no entanto, foi ajustado para excluir os resultados da Ferrari. Considerando-se a Ferrari, a Fiat registrou lucro de 92 milhões de euros nos primeiros três meses de 2015. Na mesma comparação, a receita trimestral da Fiat avançou 3%, a 26,6 bilhões de euros.

Apenas na América do Norte, o lucro operacional ajustado da montadora ítalo-americana mais do que dobrou no período, a 1,23 bilhão de euros. Em outras partes do mundo, a Fiat teve lucro de 96 milhões de euros na Europa, de 12 milhões de euros na região da Ásia e do Pacífico e de 11 milhões de euros na América Latina.

A dívida mais alta da companhia, porém, decepcionou. A Fiat, que desmembrou a unidade de luxo Ferrari no começo do ano, disse que a dívida industrial líquida subiu para 6,6 bilhões de euros ao final de março, de 5,05 bilhões três meses antes, impactada pelos efeitos da sazonalidade e do câmbio. As vendas subiram 3% a 26,57 bilhões de euros, abaixo das expectativas.

Tudo o que sabemos sobre:
FiatAmérica do NorteFerrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.