Lucro da Fiat sobe de € 113 milhões para € 1,2 bilhões no 2º trimestre

Na comparação com o mesmo período do ano passado, lucro atribuível aos acionistas aumentou para €1,3 bilhão, de €90 milhões

Danielle Chaves, da Agência Estado,

26 de julho de 2011 | 14h20

O lucro da montadora italiana Fiat subiu para 1,2 bilhão de euros (US$ 1,7 bilhão) no segundo trimestre deste ano, de 113 milhões de euros no mesmo período do ano passado. O lucro atribuível aos acionistas aumentou para 1,3 bilhão de euros, de 90 milhões de euros.

Excluindo um ganho de capital extra de 1,05 bilhão de euros relacionado à aquisição da fatia controladora na norte-americana Chrysler, o lucro líquido somou 156 milhões de euros, em comparação com 8 milhões de euros um ano antes. O lucro operacional, por sua vez, cresceu 70%, para 525 milhões de euros. Excluindo a Chrysler, o lucro operacional subiu 22%, para 375 milhões de euros.

A receita totalizou 13,2 bilhões de euros, de 9,4 bilhões de euros no segundo trimestre do ano passado. Excluindo a Chrysler, a receita aumentou 6,5%, para 10 bilhões de euros.

A Fiat oficialmente se tornou o controlador majoritário da Chrysler, com participação de 53,5%, na última quinta-feira, e os resultados do trimestre incluem a contribuição da companhia norte-americana. Como resultado da consolidação das contas, a Fiat elevou suas metas para este ano, incluindo um lucro líquido de cerca de 1,7 bilhão de euros, em comparação com a previsão anterior de 300 milhões de euros. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
automóveisveículoslucroFiatChrysler

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.