Lucro da francesa Total sobe 20% no terceiro trimestre

O lucro líquido da petroleira francesa Total, ajustado pelas mudanças no valor dos estoques e por ganhos ou perdas com operações regulares, subiu 20% no terceiro trimestre deste ano, para 3,35 bilhões de euros, de 2,80 bilhões de euros no mesmo período do ano passado. Analistas consultados pela Dow Jones previam lucro líquido de 3,08 bilhões de euros.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

31 Outubro 2012 | 08h17

Em dólares, a Total informou que o lucro líquido ajustado subiu 6%, para 4,19 bilhões, de US$ 3,96 bilhões. Segundo a companhia, os ganhos aumentaram em razão das maiores margens de lucro em suas refinarias e do preço do petróleo mais alto em euros. Às 7h30 (de Brasília), as ações da empresa subiam 1,91% na Bolsa de Paris.

Incluindo ajustes em razão de uma perda de 800 milhões de euros em boa parte causada pela reavaliação de alguns ativos de gás de xisto nos EUA, que parcialmente contrabalançou um ganho de 524 milhões de euros no valor dos estoques da companhia, o lucro líquido da Total foi de 3,07 bilhões de euros no terceiro trimestre, queda de 7,5% em relação aos 3,31 bilhões de euros registrados no mesmo período de 2011.

A Total destacou que suas margens de refino na Europa mais do que triplicaram para US$ 51,00 por tonelada no terceiro trimestre, de US$ 13,40 um ano antes. A margem havia sido de US$ 38,20 no segundo trimestre. Quanto à produção, o montante somou 2,27 milhões de barris de óleo equivalente (boe) por dia, em comparação com 2,32 milhões de boe/dia no terceiro trimestre do ano passado. A Total pretende elevar a produção para 3 milhões de boe/dia em 2017. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Total balanço terceiro trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.