Lucro da Freeport recua 11% no 3º trimestre

O lucro da mineradora Freeport-McMoRan Copper & Gold caiu 11% no terceiro trimestre, informou a empresa hoje em seu balanço. A produção da mineradora diminuiu, mas a receita foi impulsionada pelos preços mais altos dos metais. Às 11h09 (de Brasília), as ações da companhia subiam 1,05 no pré-mercado em Nova York.

GABRIEL BUENO, Agencia Estado

19 de outubro de 2011 | 11h36

A maior produtora de cobre listada na bolsa afirmou, no mês passado, que uma greve em uma mina de ouro e cobre na Indonésia iria afetar a produção diária e as vendas trimestrais. As notícias vinham tirando valor das ações da empresa. Antes da greve trabalhista, a Freeport-McMoRan obteve resultados fortes nos trimestres anteriores, beneficiada pelo aumento nos preços do cobre e do ouro.

No trimestre encerrado em 30 de setembro, a Freeport-McMoRan registrou lucro de US$ 1,05 bilhão, ou US$ 1,10 por ação, um recuo em relação ao US$ 1,18 bilhão, ou US$ 1,24 por ação, apresentado um ano antes. Os resultados do terceiro trimestre do ano incluem cerca de US$ 0,05 por ação em custos adicionais com impostos relacionados às novas leis de mineração e royalties do Peru.

A receita da companhia subiu 0,8%, para US$ 5,2 bilhões. A produção de cobre recuou 8,7%, a de ouro caiu 22% e a de molibdênio cresceu 21%. A produção na mina da Indonésia se reduziu em 15% nos nove últimos meses, em comparação com o mesmo período de 2010. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Freeportmineradoraresultado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.