Lucro da GE fica acima do esperado, encomendas crescem

A General Electric divulgou nesta sexta-feira resultado trimestral melhor que o esperado, apoiado em recuperação de sua divisão financeira e por aumento na receita de unidades industriais, incluindo uma forte retomada nas vendas de locomotivas.

SCOTT MALONE, REUTERS

21 de janeiro de 2011 | 11h35

A maior fabricante mundial de turbinas de geração de energia e de motores de aviões também divulgou um aumento de 12 por cento nas encomendas, o que fez sua carteira de pedidos subir para 175 bilhões de dólares.

O maior conglomerado norte-americano teve lucro líquido de 4,5 bilhões de dólares no quarto trimestre, ou de 0,42 dólar por ação, ante 3 bilhões de dólares, ou 0,28 dólar por ação, no mesmo período do ano anterior.

O lucro de operações contínuas foi de 0,36 dólar por ação, ficando acima do 0,32 dólar estimado em média por analistas consultados pela Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita do grupo cresceu 1 por cento, para 41,38 bilhões de dólares, também melhor que a expectativa de 39,9 bilhões de dólares do mercado.

"A forte performance da GE Capital também foi encorajadora", disse o presidente-executivo da GE, Jeff Immelt.

As ações da empresa subiam 2,1 por cento no pregão eletrônico após a divulgação dos resultados. No ano passado, as ações da GE subiram 11 por cento, em linha com o desempenho do índice Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASGERESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.