Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Lucro da holandesa Heineken sobe 42% no 1º semestre

A holandesa Heineken - segunda maior cervejaria do mundo em vendas, atrás apenas da Anheuser-Busch InBev - registrou um aumento acima do esperado em seu lucro líquido no primeiro semestre de 2010. O resultado foi puxado pelo corte de custos, pela venda de ativos e pela aquisição da mexicana Femsa, operação que se consolidou em 1º de maio. O lucro líquido da companhia no primeiro semestre subiu 42% nos primeiros seis meses do ano, para 695 milhões de euros (US$ 878 milhões), em comparação com o mesmo período do ano passado.

LIGIA SANCHEZ, Agencia Estado

25 de agosto de 2010 | 12h13

A Heineken apresentou redução de custos de 104 milhões de euros no primeiro semestre. As vendas subiram 5,2%, para 7,52 bilhões de euros, devido à compra da Femsa, mas caíram 2% em taxas de câmbio constantes e excluindo aquisições e venda de ativos. No entanto, a companhia alertou que os volumes de vendas ainda estão recuando na Europa e nos Estados Unidos. Os volumes de vendas de cerveja sofreram redução de 3,9%, com a maior queda na região central e no leste da Europa. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
cervejaHolandaHeinekenbalançolucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.