Lucro da HP cresce 28% no tri com aumento nas vendas mundiais

Computadores pessoais puxaram ganhos da empresa; no afterhours, ações registravam alta de 2,18%

Regina Cardeal, da Agência Estado,

18 de maio de 2010 | 18h12

O lucro da Hewlett-Packard Co (HP) no segundo trimestre fiscal cresceu 28%, com o aumento nas vendas mundiais e crescimento de 23% nos lucros na unidade "core" de computadores pessoais. No afterhours, as ações da empresa estavam em alta de 2,18%, em US$ 47,81, por volta das 18h10 (de Brasília).

No trimestre encerrado em 30 de abril, a maior fabricante de computadores pessoais do mundo apresentou lucro de US$ 2,2 bilhões, ou US$ 0,91 por ação, de US$ 1,72 bilhão, ou US$ 0,71 por ação, no mesmo período do ano anterior. Excluindo encargos referentes sobretudo a reestruturação e aquisições, os lucros subiram para US$ 1,09, de US$ 0,86. A receita subiu 13% para US$ 30,85 bilhões. A margem operacional cresceu para 9,3%, de 8,4%.

A HP disse que prevê lucro de US$ 1,05 a US$ 1,07 por ação sobre receita de US$ 29,7 bilhões a US$ 30 bilhões no terceiro trimestre. Analistas ouvidos pela Thomson Reuters esperam lucro de US$ 1,06 e receita de US$ 29,72 bilhões. No ano, a companhia prevê lucro de US$ 4,45 a US$ 4,50, acima, portanto, de sua previsão de fevereiro, de lucro de US$ 4,37 a US$ 4,44, e projeta que a receita subirá entre 8% e 9%, também acima de sua estimativa anterior de crescimento de 6% a 7%. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.