Lucro da Iberdrola sobe 6,6% no 1º semestre de 2011

A espanhola Iberdrola informou que seu lucro líquido subiu 6,6% no primeiro semestre deste ano, para 1,56 bilhão de euros, em comparação com o mesmo período do ano passado, graças ao aumento das tarifas de energia em mercados regulados e ao crescimento da demanda em mercados de rápido crescimento, como o Brasil. A previsão dos analistas era de que a empresa reportasse um crescimento de 7,8%, para 1,58 bilhão de euros.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

21 de julho de 2011 | 09h29

Às 9h15 (de Brasília), as ações da empresa avançavam 0,47% na Bolsa de Madri.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, ou Ebitda, subiu 4,4%, superando 4 bilhões de euros. É a primeira vez que a companhia registra um Ebitda acima desse valor para um período de seis meses.

O lucro operacional bruto da companhia no Brasil subiu 28,8%, para 364,1 milhões de euros, representando cerca de 9% do Ebitda do grupo no primeiro semestre.

O aumento da produção de energia eólica e renovável nos EUA e em outros lugares também ajudou a impulsionar os resultados. A receita da companhia com energia renovável aumentou 6,6%, para 1,2 bilhão de euros no primeiro semestre. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
energialucroIberdrola

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.