Lucro da J.M. Smucker sobe 3,1% no 2.o trimestre fiscal

A companhia norte-americana de alimentos J.M. Smucker registrou um lucro 3,1% maior no segundo trimestre fiscal, encerrado em 31 de outubro, ante igual período do ano anterior. O montante foi de US$ 153,4 milhões, ou de US$ 1,46 por ação, superior aos US$ 148,8 milhões, ou US$ 1,36 por ação, registrados um ano antes. De acordo com a empresa, os segmentos de geleias e café contribuíram para os ganhos.

Agencia Estado

20 de novembro de 2013 | 12h42

Sem considerar despesas com reestruturação, o lucro aumentou de US$ 1,45 para US$ 1,52 por ação. A receita com vendas, contudo, encolheu 4,2%, para US$ 1,56 bilhão, devido aos preços mais baixos de seus produtos no mercado. Analistas ouvidos pela Thomson Reuters projetavam ganhos de US$ 1,60 por ação e receita de US$ 1,61 bilhão. A margem bruta da companhia passou de 35,4% para 33,3% no período.

Considerando-se apenas o mercado norte-americano, onde a J.M Smucker tem seu forte em marcas como Folgers e Dunkin'' Donuts, as vendas cresceram 1% e o lucro, 11%. No mercado internacional, o segmento de alimentação registrou perdas de 9% em vendas.

Quanto ao guidance para o restante do ano fiscal, a J.M. Smucker prevê, agora, um declínio de 2% nas vendas - antes, a projeção era de recuo de 1%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.