Lucro da Microsoft sobe 35% no trimestre com Windows 7

Resposta forte ao lançamento do novo sistema operacional fez empresa lucrar US$ 4 bi

Regina Cardeal, da, Agência Estado

22 de abril de 2010 | 18h09

O lucro na Microsoft Corp no terceiro trimestre fiscal cresceu 35%, com a gigante do software se beneficiando de uma resposta forte ao lançamento do sistema operacional Windows 7. A Microsoft afirmou que mais de 10% dos microcomputadores no mundo rodam o Windows 7, o que o torna, "de longe, o sistema operacional com as vendas mais rápidas na história".

No trimestre encerrado em 31 de março, a empresa teve lucro de US$ 4 bilhões, ou US$ 0,45 por ação, de US$ 3 bilhões, ou US$ 0,33 por ação, em igual período do ano passado. A receita cresceu 6,3% para US$ 14,5 bilhões. Analistas ouvidos pela Thomson Reuters previam lucro de US$ 0,42 por ação sobre receita de US$ 14,39 bilhões. Apesar do resultado acima do esperado, as ações da Microsoft caíam 4,52% para US$ 29,97 no after-hours. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.