Lucro da mineradora Rio Tinto sobe 33% em 2009

O lucro líquido da anglo-australiana Rio Tinto subiu 33% no ano passado, para US$ 4,87 bilhões, de US$ 3,7 bilhões no ano anterior. Em 2008, o resultado havia sofrido impacto de uma baixa contábil de US$ 7,9 bilhões no negócio de alumínio da mineradora.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

11 de fevereiro de 2010 | 14h59

Os ganhos subjacentes em 2009 foram de US$ 6,3 bilhões, uma queda de 39% em relação aos US$ 10,3 bilhões registrados em 2008. Ainda assim, ficou acima das estimativas do mercado, de US$ 6 bilhões, de acordo com uma pesquisa realizada pela própria Rio Tinto.

A mineradora disse que sua divisão de alumínio voltou à ter lucros no segundo semestre do ano passado. A Rio Tinto espera que os fatores que levaram os preços da commodity a subir em 2009 prossigam durante este ano.

A receita bruta de vendas caiu 24% em 2009, para US$ 44 bilhões, de US$ 58,07 bilhões no ano anterior. A Rio Tinto registrou dividendo final de US$ 0,45 por ação, uma queda em comparação com o dividendo de US$ 0,55 por ação de 2008. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
mineração, Rio Tinto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.