Lucro da PetroChina cai 6% com menor demanda

A PetroChina, a maior companhia de petróleo da China por capacidade, disse que seu lucro líquido caiu 6% no primeiro semestre, para 62,02 bilhões de yuans (US$ 9,76 bilhões), do lucro de 66,01 bilhões de yuans no mesmo período do ano passado. A previsão dos analistas entrevistados pela Dow Jones era de um lucro de 67,82 bilhões de yuans. Segundo a empresa, as contínuas perdas das atividades de refino e a demanda fraca por petróleo e produtos petroquímicos em meio à desaceleração da economia doméstica ofuscaram a alta dos preços das vendas.

CLARISSA MANGUEIRA - CLARISSA.MANGUEIRA@ESTADAO.COM, Agencia Estado

23 de agosto de 2012 | 09h49

A receita da PetroChina subiu 10% no primeiro semestre, para 1,05 trilhão de yuans, de 952,3 bilhões de yuans. O lucro operacional da companhia avançou para 113,79 bilhões de yuans, de 103,68 bilhões de yuans, enquanto a média de preço do petróleo subiu para US$ 107,98 o barril, de US$ 101,62 o barril.

O prejuízo operacional da atividade de refino da PetroChina diminuiu para 23,31 bilhões de yuans no primeiro semestre, de 23,36 bilhões de yuans, como resultado principalmente da redução da pressão dos limites do governo sobre os preços dos combustíveis. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PetroChinabalançoprimeiro semestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.