Lucro da Posco cai pressionado por demanda menor

A sul-coreana Posco, quarta maior siderúrgica do mundo em produção, divulgou nesta quinta-feira, 25, que teve lucro líquido de 292,26 bilhões de wons (US$ 262 milhões) no primeiro trimestre deste ano, queda de 54% ante o ganho de 635,64 bilhões de wons registrado em igual período do ano passado. O forte recuo no lucro foi atribuído à queda na demanda e preços em meio à desaceleração global.

Agencia Estado

25 de abril de 2013 | 12h38

O desempenho da Posco ficou bem abaixo do esperado. Nove analistas consultados pelo Wall Street Journal previam lucro de 502,4 bilhões de wons no trimestre.

A Posco, que prevê recuperação na demanda por aço da China e de alguns mercados emergentes a partir do segundo trimestre, disse que vai focar na redução de custos e na elevação de vendas de produtos finais como aço automotivo.

Entre janeiro e março, a Posco já atingiu 45% da meta anual de redução de custos de 763,9 bilhões de wons.

Na mesma comparação anual, o lucro operacional da siderúrgica caiu 4,7%, para 716,92 bilhões de wons, e as vendas recuaram 11%, para 14,582 trilhões de wons.

A meta de vendas da Posco para 2013 é de 64 trilhões de wons, ante 63,3 trilhões de wons no ano passado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Poscobalançoprimeiro trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.