Lucro da TAM cai 78,9% em 2007, com frota maior

Incorporação de 20 aeronaves ao longo do ano levam à redução do lucro líquido da companhia aérea

Agência Estado e Reuters,

31 de março de 2008 | 08h14

A companhia aérea TAM anunciou nesta segunda-feira, 31, que encerrou 2007 com queda de 78,93% no lucro líquido, na comparação com o ano anterior, impactada por aumento de custos gerados pela incorporação de 20 aeronaves à frota da empresa ao longo do ano passado. A companhia encerrou 2007 com lucro líquido de R$ 128,8 milhões, ante R$ 611,8 milhões registrados em 2006.  A receita líquida somou R$ 8,151 bilhões, alta de 10,98%. O lucro operacional teve redução de 77,05%, para R$ 212,695 milhões, na mesma base de comparação. A companhia anunciou também que encerrou o quarto trimestre do ano passado com lucro líquido de R$ 49,8 milhões, sensível redução diante dos R$ 136,2 milhões obtidos um ano antes.  A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização e aluguéis de aeronaves (Ebitdar, na sigla em inglês) nos últimos três meses de 2007 somou R$ 352,88 milhões ante R$ 437,31 milhões no quarto trimestre de 2006. A margem no período passou de 22,5% para 15,4%.

Tudo o que sabemos sobre:
TAMLucro de Empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.