Juan Medina/Reuters
Juan Medina/Reuters

Lucro da Telefônica Brasil cai 56% no segundo trimestre

Companhia registrou lucro de R$ 932,9 milhões no período; balanço inclui os resultados da operadora GVT, adquirida no ano passado

Reuters

29 de julho de 2015 | 09h27

A operadora Telefônica Brasil, dona da marca Vivo no Brasil, teve lucro líquido de R$ 932,9 milhões no segundo trimestre, uma queda de 56,4% frente ao mesmo período do ano passado, informou a companhia nesta quarta-feira, 29.

O balanço inclui os resultados da operadora GVT, adquirida no ano passado, comparáveis a partir de janeiro de 2014. O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 3,13 bilhões, crescimento de 2,8% ano contra ano.

Além do balanço pro forma, com a GVT a partir de 1º de janeiro de 2014, a empresa fdivulgou o balanço contábil, que considera a GVT Participações a partir de 1º de maio de 2015. Nele, o lucro líquido foi de R$ 869,8 milhões e o Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 2,949 bilhões. O resultado dos trimestres anteriores no critério pro forma, disponível no release de resultados enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), não é auditado. (Com informações da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:
TelefônicabalançolucroGVT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.