Lucro do banco Morgan Stanley cai 67% no 3º trimestre

O lucro do banco norte-americano Morgan Stanley caiu 67% no terceiro trimestre deste ano, pressionado pelo enfraquecimento dos negócios com títulos institucionais. O Wells Fargo e o US Bancorp, por outro lado, registraram alta de 3,2% e 51% nos lucros, respectivamente, beneficiados pela redução nas provisões contra perdas com crédito.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

20 de outubro de 2010 | 11h35

O Morgan Stanley teve lucro de US$ 313 milhões no terceiro trimestre, ante US$ 936 milhões no mesmo período do ano passado. O resultado por ação, incluindo dividendos preferenciais, foi um prejuízo de US$ 0,07, ante o lucro de US$ 0,38 de um ano antes. A receita do banco caiu 20%, para US$ 6,78 bilhões. Analistas esperavam lucro de US$ 0,15 por ação e receita de US$ 6,44 bilhões.

Os ganhos com operações continuadas diminuíram para US$ 0,05 por ação, de US$ 0,50, em consequência de uma despesa extraordinária de US$ 229 milhões. Os resultados do Morgan Stanley foram prejudicados pelo segmento de títulos institucionais, que incluem mercados de capital e banco de investimento, no qual a receita caiu 42% e o lucro despencou 89%.

O Wells Fargo teve lucro de US$ 3,34 bilhões (US$ 0,60 por ação) no terceiro trimestre, ante os US$ 3,24 bilhões (US$ 0,56 por ação) do mesmo período do ano passado. A receita recuou 7,1%, para US$ 20,87 bilhões. Analistas previam lucro de US$ 0,55 por ação e receita de US$ 20,95 bilhões. As provisões do banco contra perdas com crédito diminuíram para US$ 3,44 bilhões, de US$ 6,11 bilhões um ano antes e de US$ 3,99 bilhões no segundo trimestre deste ano.

Já o lucro do US Bancorp subiu para US$ 908 milhões (US$ 0,45 por ação) no terceiro trimestre, de US$ 603 milhões (US$ 0,30 por ação) no mesmo período de 2009. Analistas projetavam lucro de US$ 0,43 por ação. A receita subiu 7,9%, para US$ 4,59 bilhões. As provisões contra perdas com crédito caíram para US$ 995 milhões, de US$ 1,45 bilhão um ano antes e US$ 1,14 bilhão no segundo trimestre. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.