Estadão
Estadão

Lucro do Carrefour cresce 66,8% e vai a R$ 332 milhões no 1º trimestre

Presidente do grupo destacou expansão do atacadão, com quatro novas lojas no período, e o contínuo crescimento do e-commerce

Luana Pavani, O Estado de S.Paulo

15 Maio 2018 | 08h31

O lucro líquido atribuído aos acionistas controladores do Carrefour Brasil cresceu 73,9% para R$ 280 milhões no primeiro trimestre de 2018. O resultado consolidado foi de R$ 332 milhões, 66,8% maior que no mesmo período do ano passado. A administração da rede supermercadista destaca que o dado é fruto do crescimento do Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) e "de um nível significativamente menor e sustentável das despesas financeiras."

+ Shoppings dão desconto e adiam construção

O Ebitda ajustado consolidado ficou em R$ 843 milhões no trimestre, alta de 16,3%, e com margem Ebitda ajustada de 7,1%, 0,66 ponto porcentual maior.

+ ‘Vou arrumar outros brinquedinhos’, afirma Abilio Diniz

O CEO do Grupo Carrefour Brasil, Noël Prioux, destacou em comunicado que acompanha as demonstrações financeiras "ganhos de produtividade e rígido controle de custos" que ajudaram a registrar o aumento do lucro líquido. Também comentou sobre a expansão do Atacadão, com quatro novas lojas no período, e o contínuo crescimento do e-commerce que impulsionaram o crescimento de 6% nas vendas brutas, chegando a R$ 13,0 bilhões, "apesar da persistente deflação de alimentos".

A receita líquida cresceu 5,6% no mesmo comparativo, para R$ 12,544 bilhões de janeiro a março.

As despesas financeiras líquidas tiveram uma redução de 60,7%, para R$ 83 milhões no primeiro trimestre de 2018.

Mais conteúdo sobre:
supermercado Carrefour

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.