Lucro do Goldman Sachs aumenta 77% no 2º trimestre

O lucro do Goldman Sachs Group saltou 77% no segundo trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, quando os ganhos haviam sido fortemente prejudicados por despesas especiais. No entanto, os resultados foram afetados negativamente por uma queda na formação de mercado e na receita com renda fixa. As ações do banco caíam 3,46% no pré-mercado.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

19 de julho de 2011 | 10h14

O Goldman teve lucro de US$ 1,09 bilhão (US$ 1,85 por ação), de US$ 613 milhões (US$ 0,78 por ação) um ano antes. Na mesma base de comparação, a receita caiu 18%, para US$ 7,28 bilhões. Os resultados ficaram abaixo das estimativas dos economistas ouvidos pela Thomson Reuters, que previam lucro de US$ 2,27 por ação e receita de US$ 8,14 bilhões.

A empresa informou que a receita com banco de investimento teve alta anual de 54%, mas a receita com formação de mercado - o maior contribuinte para a receita líquida de juros - caiu 39% e a receita com renda fixa, câmbio e commodities despencou 53%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
lucroreceitaGoldman Sachs

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.