Divulgação
Divulgação

Lucro do Magazine Luiza soma R$ 140,7 mi no segundo trimestre

Valor é 94,5% superior ao registrado no mesmo trimestre de 2017; vendas online cresceram 66,1%

Dayanne Sousa, O Estado de S.Paulo

06 Agosto 2018 | 18h41

O Magazine Luiza reportou lucro líquido de R$ 140,7 milhões no segundo trimestre de 2018, resultado 94,5% maior que o registrado no mesmo trimestre do ano anterior. O resultado acumulado do primeiro semestre deste ano é um lucro de R$ 288,2 milhões, alta de 120,2% na comparação anual.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da varejista de eletroeletrônicos foi 32,5% maior no segundo trimestre de 2018 ante iguais meses de 2017. A companhia registrou Ebitda de R$ 312,4 milhões entre abril e junho deste ano, com margem Ebitda de 8,5%, queda de 0,2 ponto porcentual ante o ano passado. No semestre, o Ebitda chega a R$ 612,9 milhões, alta de 31,1%.

A receita líquida do Magazine Luiza no segundo trimestre de 2018 atingiu R$ 3,696 bilhões, expansão de 36,9% ante igual período de 2017. Em seis meses, a receita atingiu R$ 7,309 bilhões, crescimento de 32,8%.

E-commerce cresce 66% e aumenta participação nas receitas da companhia

O Magazine Luiza obteve crescimento de 66,1% nas vendas de seu comércio eletrônico no segundo trimestre de 2018. O valor de mercadorias vendidas pelo site, o que inclui a operação de marketplace, atingiu R$ 1,526 bilhão entre abril e junho. O resultado acumulado do primeiro semestre é um crescimento de 65,4% do e-commerce.

As vendas online chegaram a 33% da receita total da companhia ao final de junho. No ano anterior, esse porcentual era de 28,5%.

No comércio eletrônico, a maior parte das vendas ainda ocorre na modalidade tradicional, de venda direta ao consumidor final, que gerou faturamento de R$ 1,376 bilhão no segundo trimestre. Já o marketplace, negócio em que vendedores pagam uma comissão à companhia para negociarem produtos na plataforma, movimentou R$ 150 milhões em mercadorias no trimestre.

Nas lojas físicas, o Magazine Luiza reportou crescimento de 27,1% nas vendas do segundo trimestre de 2018 no critério mesmas lojas, que indica o resultado em pontos de venda abertos há mais de um ano. O indicador representa uma aceleração ante os 14,1% do segundo trimestre de 2017.

Incluindo as lojas abertas durante o último ano, o crescimento de vendas nos pontos físicos do Magazine Luiza foi de 34,1%. Com isso, as vendas totais em lojas físicas da companhia somaram R$ 3,092 bilhões no trimestre.

O Magazine Luiza encerrou junho com 885 lojas em funcionamento, 71 pontos de venda a mais do que no mesmo mês do ano anterior. Apenas no segundo trimestre de 2018, a empresa afirmou que inaugurou 27 novas lojas.

Mais conteúdo sobre:
Magazine Luiza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.