Lucro do McDonald's no 4o trimestre sobe a US$1,22 bi

O McDonald's apresentou seu balanço trimestral nesta sexta-feira com lucro, à medida que sua força nos mercados internacionais compensou os negócios fracos nos Estados Unidos, que sofre com a alta taxa de desemprego.

REUTERS

22 Janeiro 2010 | 15h21

A maior rede de lanchonetes do mundo afirmou ainda que a tendência de vendas continua positiva em janeiro em restaurantes abertos há pelo menos 13 meses.

O lucro do quarto trimestre ficou em 1,22 bilhão de dólares, ou 1,11 dólar por ação, contra 985,3 milhões de dólares, ou 0,87 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo-se itens exclusivos, o lucro foi de 1,03 dólar por ação. Analistas esperavam em média um lucro de 1,02 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita, que inclui vendas de restaurantes da empresa mais os royalities de franquias e outras taxas, subiu 7 por cento, para 5,97 bilhões de dólares, acima da expectativa de 5,94 bilhões de dólares de analistas.

O McDonald's e outras redes de fast-food se beneficiaram do desaquecimento na economia global, que fez os consumidores procurarem preços menores, incluindo os itens no menu do McDonald's.

(Reportagem de Brad Dorfman e Lisa Baertlein)

Mais conteúdo sobre:
ALIMENTOSMCDONALDRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.