Lucro do Morgan Stanley sobe 600% no 3º trimestre

Receita líquida do banco teve alta de 46% e somou US$ 9,9 bilhões

Álvaro Campos, da Agência Estado,

19 de outubro de 2011 | 13h22

O Morgan Stanley afirmou nesta quarta-feira, 19, que seu lucro líquido com operações contínuas no terceiro trimestre foi de US$ 2,2 bilhões (US$ 1,14 por ação diluída), o que representa um crescimento de 600% ante os US$ 314 milhões (US$ 0,05 por ação diluída) no mesmo período de 2010. A receita líquida subiu 46%, para US$ 9,9 bilhões, de US$ 6,8 bilhões.

O banco informou que o balanço do terceiro trimestre inclui um ganho de US$ 3,4 bilhões relacionado a spreads de crédito de sua dívida e outros fatores de crédito - ajuste na avaliação de dívidas (DVA, na sigla em inglês). Analistas ouvidos pela Thomson Reuters esperavam lucro por ação de US$ 0,30 e receita de US$ 7,42 bilhões. As despesas com compensação foram de US$ 3,7 bilhões no terceiro trimestre, com uma relação entre compensação e receita líquida de 37%. A receita da unidade de banco de investimento foi de US$ 864 milhões.

James P. Morgan, presidente e executivo-chefe da companhia, afirmou que "o Morgan Stanley navegou eficientemente por mercados turbulentos, enquanto consolidou seus ganhos de participação de mercado com clientes institucionais e demonstrou resiliência na unidade de gestão de fortunas". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bancosMorgan Stanleyresultado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.