Lucro do Walmart cresce 22% no trimestre

Número supera previsões, mas agentes ficam insatisfeitos com projeções da empresa para o próximo trimestre

Marcílio Souza, da Agência Estado,

18 de fevereiro de 2010 | 11h12

A varejista norte-americana Walmart obteve lucro líquido de US$ 4,63 bilhões (US$ 1,21 por ação) em seu quarto trimestre fiscal, terminado em 31 de janeiro, 22% maior que o de US$ 3,79 bilhões (US$ 0,96 por ação) de igual período do ano passado.

Excluindo um benefício tributário e outros encargos, o lucro com operações continuadas aumentou de US$ 1,03 para US$ 1,17 por ação e superou a projeção da companhia, de lucro entre US$ 1,08 e US$ 1,12 por ação, anunciada em novembro. Analistas previam lucro de US$ 1,12 por ação.

As ações do grupo, que pertencem ao índice Dow Jones, no entanto, caíam 2,05% no pré-mercado em Nova York às 11h (de Brasília), sentindo o impacto da projeção de lucro de US$ 0,81 a US$ 0,85 por ação feita pela companhia para seu primeiro trimestre fiscal.

 

Analistas consultados pela Thomson Reuters preveem, em média, lucro de US$ 0,85 por ação. Para o ano, a maior varejista do mundo tem como meta lucro de US$ 3,90 a US$ 4 por ação, enquanto analistas estimam US$ 3,97 por ação.

As vendas líquidas do grupo aumentaram 4,5% no seu quarto trimestre fiscal, em comparação com as de igual período do ano passado, para US$ 113,65 bilhões. Analistas projetavam US$ 114,36 bilhões. A margem bruta subiu de 24% para 24,4%.

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Walmartbalançolucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.