Lucro líquido da AGCO cai no 1º trimestre

A fabricante de máquinas e implementos agrícolas norte-americana AGCO reportou lucro líquido de US$ 117,1 milhões no primeiro trimestre de 2013, queda de 3,4% ante os US$ 121,2 milhões de igual período de 2012. O lucro por ação foi de US$ 1,19, ante US$ 1,21 no primeiro trimestre do ano passado.

Agencia Estado

30 de abril de 2013 | 13h05

Segundo a empresa, a demanda firme nas Américas do Sul e do Norte foi contrabalançada por queda das vendas na região EAME (Europa, África e Oriente Médio).

A receita líquida da AGCO foi de US$ 2,4 bilhões, crescimento de 5,7% ante os primeiros três meses de 2012.

Na América do Sul, a receita líquida da empresa avançou 12,1% no primeiro trimestre de 2013 em comparação com o primeiro trimestre de 2012. De acordo com a empresa, o aumento das vendas no Brasil, onde agricultores se beneficiaram das condições climáticas mais favoráveis, teve forte influência sobre o incremento da receita. No início de 2012, a região Sul do País havia sido afetada pela seca.

A rentabilidade da AGCO na América do Sul melhorou durante o primeiro trimestre de 2013, com margens operacionais subindo para 10,4% em comparação com 5,8% no mesmo período de 2012.

A companhia também reportou crescimento da receita líquida na América do Norte, de 10,2%, e na Ásia/Pacífico, de 30,4%. Já a receita de Europa, África e Oriente Médio caiu 0,6%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AGCObalançoprimeiro trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.