Lucro líquido da General Electric sobe 1% no 2º tri

A General Electric teve lucro líquido de US$ 3,1 bilhões no segundo trimestre deste ano, uma alta de 1,0% sobre o mesmo período do ano passado, enquanto o lucro por ação aumentou 3,0%, para US$ 0,30. Na mesma comparação anual, a receita caiu 4,0%, para US$ 35,1 bilhões.

Agencia Estado

19 de julho de 2013 | 08h41

O lucro operacional da empresa entre abril e junho deste ano diminuiu 8,0%, para US$ 3,7 bilhões. Por ação, o resultado operacional recuou 5,0%, para US$ 0,36. Analistas previam lucro por ação de US$ 0,35 e receita de US$ 35,56 bilhões. Os custos e despesas totais caíram 2,5%, para US$ 31,39 bilhões.

Na divisão industrial da GE, que inclui os segmentos de infraestrutura de energia e aviação, houve queda de 0,8% na receita, para US$ 25,17 bilhões, mas o lucro subiu 2,4%. Na GE Capital a receita diminuiu 3,3%, para US$ 10,98 bilhões, e o lucro despencou 9,4%.

Nos últimos anos o executivo-chefe da empresa, Jeffrey Immelt, vem tentando reduzir a dependência que a GE tem de sua unidade financeira e, ao mesmo tempo, ampliar os negócios industriais - que os investidores tendem a valorizar mais. Ativos da GE Capital foram vendidos recentemente, incluindo operações bancárias e de seguros.

Em um comunicado, Immelt destacou que a GE registrou lucro em seis de suas sete divisões industriais e reduziu os custos estruturais durante o segundo trimestre. "Nós conseguimos isso em um ambiente de negócios que melhorou levemente em relação ao primeiro trimestre", afirmou o executivo. "Os mercados emergentes permanecem resilientes e nos EUA vimos forte crescimento nas encomendas no trimestre passado", acrescentou. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.