Paulo Victor/ Estadão
Paulo Victor/ Estadão

BB Seguridade tem lucro líquido de R$ 957,6 milhões no 1º trimestre

Cifra da holding que controla os negócios de seguros do Banco do Brasil é 0,9% maior que observada no mesmo período do ano passado

Aline Bronzati, O Estado de S.Paulo

09 de maio de 2016 | 18h42

 A BB Seguridade, holding que controla os negócios de seguros do Banco do Brasil, anunciou hoje lucro líquido ajustado, que desconsidera efeitos extraordinários, de R$ 957,684 milhões no primeiro trimestre, cifra 0,9% maior que a vista em 12 meses, de R$ 949,115 milhões. Em relação aos três meses anteriores, quando ficou em R$ 1,014 bilhão, foi identificado declínio de 5,51%, refletindo questões sazonais. Não houve eventos não recorrentes no período.

Em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras, a BB Seguridade explica que o desempenho do trimestre ante um ano foi impulsionado pelo incremento das receitas de investimentos em participações societárias, com destaque para os segmentos de Capitalização (Brasilcap), Distribuição (BB Corretora) e Resseguros (IRB). Para este ano, a holding espera expansão do lucro líquido ajustado de 8,0% a 12,0%. No ano passado, cresceu 22,4%.

A holding de seguros do BB fechou março com R$ 8,534 bilhões em ativos totais, montante 9,9% superior em um ano. Na comparação a cifra vista em dezembro, porém, foi registrada redução de 7,6%.

O patrimônio líquido da BB Seguridade totalizou R$ 8,526 bilhões no primeiro trimestre, expansão de 9,9% em um ano. Em relação aos três meses anteriores, subiu 12,5%. O retorno sobre o patrimônio líquido ajustado (RSPL) foi a 49,9% ao final de março contra 54,0% em dezembro. Em um ano, estava em 54,9%.

A BB Seguridade comenta seus resultados do primeiro trimestre como analistas e investidores nesta terça-feira, dia 10, em teleconferência a partir das 10h, em português, e às 11h30, em inglês.

Mais conteúdo sobre:
Banco do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.