Lucros de Coca-Cola e Johnson & Johnson no 2º tri superam previsões

Coca-Cola lucrou US$ 2,8 bilhões e Johnson & Johnson, US$ 2,78 bilhões

Danielle Chaves, da Agência Estado,

19 de julho de 2011 | 10h29

O lucro da Coca-Cola Co. subiu 18%, para US$ 2,8 bilhões (US$ 1,20 por ação), de US$ 2,37 bilhões (US$ 1,02 por ação) no segundo trimestre do ano passado. A receita, enquanto isso, cresceu 47%, para US$ 12,74 bilhões.

Os resultados da Coca-Cola e da Johnson & Johnson superaram as estimativas dos analistas ouvidos pela Thomson Reuters. A previsão era de lucro de US$ 1,16 por ação e receita de US$ 12,38 bilhões para a Coca-Cola, já para a J&J esperavam lucro de US$ 1,24 por ação e receita de US$ 16,23 bilhões. Normalmente as estimativas dos analistas excluem encargos especiais. A margem bruta da J&J caiu para 68,8%, de 69,8%. No pré-mercado, as ações das empresas tinham alta de 0,57% (Coca-Cola) e 0,36% (J&J).

O volume vendido da Coca-Cola em todo o mundo aumentou 6% no segundo trimestre, puxado principalmente pela marca Coca-Cola. A margem bruta, no entanto, caiu para 60,8%, de 65,9%, em razão principalmente dos custos maiores das commodities. A companhia informou também que o impacto do desastre natural ocorrido no Japão em março reduzirá seu lucro anual entre US$ 0,03 e US$ 0,05 por ação.

Johnson & Johnson teve queda de 20% no lucro, para US$ 2,78 bilhões (US$ 1,00 por ação), de US$ 3,45 bilhões (US$ 1,23 por ação) um ano antes. Excluindo despesas extraordinárias, o lucro subiu para US$ 1,28 por ação, de US$ 1,21 por ação. A receita aumentou 8,3%, para US$ 16,6 bilhões, incluindo cerca de 5,7 pontos porcentuais com flutuações no câmbio. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
Coca-ColaJohnson & Johnsonlucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.