Lufthansa diz que preços ainda estão negativos em agosto

Segundo a companhia aérea, o tráfego de passageiros subiu 5% em agosto

REUTERS

09 de setembro de 2014 | 11h59

A companhia aérea alemã Lufthansa disse ter vendido mais passagens em agosto mas que os preços permanecem negativos, como nos meses anteriores.

A companhia aérea, maior da Europa em termos de receita, disse nesta terça-feira que o tráfego de passageiros para o mês, medido em receita de passageiros por assentos-quilômetro oferecidos, subiu 5 por cento, ante um aumento de 4 por cento na capacidade.

"O desenvolvimento dos preços ficou negativo na comparação anual, como nos meses anteriores", disse a companhia.

A Lufthansa atualmente está engajada em uma batalha com seus pilotos sobre um esquema de aposentadoria antecipada e os pilotos anunciaram mais ações de greve nesta terça-feira, para afetar voos partindo do aeroporto de Munique na quarta-feira.

(Por Victoria Bryan)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASLUFTHANSAPRECOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.