Lula diz não saber que Meirelles deixará cargo para concorrer nas eleições

Mas caso candidatura se confirme, presidente afirma não estar preocupado com a escolha de substituto

Tânia Monteiro, enviada especial,

24 de fevereiro de 2010 | 11h33

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na terça-feira, em entrevista em Cancún, no México, que não tem informações de que o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, vá deixar o cargo para concorrer ao governo de Goiás ou ao Senado, nas eleições de outubro. "Não me consta que o presidente do Banco Central queira ser candidato a alguma coisa. Mas se for, eu irei desejar a ele toda a sorte do mundo e vamos eleger outro companheiro como elegemos ele para presidir o órgão", disse Lula, lembrando que o prazo para a saída do governo para quem for concorrer as eleições de outubro termina no dia 2 de abril.

 

Lula disse que não está preocupado com esta possibilidade, porque o país está tranquilo do ponto de vista econômico. "Estou tranquilo porque poderemos fazer estas mudanças sem percalços ou medo", declarou. Ele aproveitou para dar um recado: "se tem uma coisa que estabilizou nosso governo foi a seriedade no trato da política econômica e isso vai continuar daqui para a frente".

Tudo o que sabemos sobre:
Lula, eleições, Meirelles, BC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.