Madeira em pé: primeiro leilão em bolsa consegue ágio de 10,8%

São Paulo, 25 - A Bolsa Brasileira de Mercadorias realizou hoje o primeiro leilão de uma floresta em pé já registrado nas bolsas. A floresta, pertencente ao Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), foi vendida com ágio de 10,8%. Murilo Fracaroli Garcia, da Correpar Corretora, vencedora do leilão, explica que a iniciativa pioneira do Iapar deve abrir um novo nicho dentro das bolsas de mercadorias. "O resultado foi bastante positivo e atraiu concorrentes do país inteiro", disse Garcia. De um preço mínimo de R$ 73,50 por metro cúbico, o lance vencedor da Correpar foi de R$ 81,50. A floresta de propriedade do Iapar está localizada em Irati, no Paraná, e é formada por cerca de 17,5 mil metros cúbicos de madeira, cuja origem são 16,8 mil pinheiros dispostos em 27 hectares. Segundo Garcia, o comprador da floresta em pé tem, agora, sete meses para derrubar as árvores e levar a mercadoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.