Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Magalu perde R$ 98,8 milhões no 1º trimestre, mas resultados vêm acima do esperado

Apesar do resultado negativo, as vendas da companhia tiveram alta nos primeiros três meses do ano; resultado foi puxado pelo e-commerce

Talita Nascimento, O Estado de S.Paulo

16 de maio de 2022 | 20h15

O Magazine Luiza teve prejuízo líquido ajustado de R$ 98,8 milhões no primeiro trimestre de 2022. O resultado reverteu lucro líquido de R$ 81,5 milhões no mesmo período de 2021. O prejuízo, segundo a companhia, foi influenciado principalmente pelo aumento das despesas financeiras no período.

O balanço do Magalu veio melhor do que a expectativa de analistas. O resultado foi 30,5% abaixo do rombo de R$ 129 milhões previsto pela média das quatro casas consultadas pelo serviço Prévias Broadcast (BTG Pactual, Itaú BBA, Bradesco BBI e XP).

As vendas totais da companhia atingiram R$ 14 bilhões nos primeiros três meses de 2022, crescendo 13% comparado ao mesmo período de 2021. O e-commerce cresceu 16% no trimestre e atingiu mais de R$10 bilhões em vendas. As vendas do marketplace superaram R$ 3,6 bilhões no trimestre, um crescimento de 50% comparado ao mesmo período do ano anterior, e representaram 36% das vendas online.

Nas lojas físicas, as vendas foram de R$ 4 bilhões no trimestre, 6% maiores do que em 2021. "A tendência de vendas vista em janeiro e fevereiro foi significativamente melhor que no final de 2021 e, em março, o crescimento acelerou ajudado parcialmente pela menor base de comparação", diz a companhia.

Tudo o que sabemos sobre:
Magazine Luizavarejocomércio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.